APESAR DE VCs

APESAR DE VCs
Retomaremos este Blog para postar as Histórias da Ditadura, como um BLOG janela ligado ao Blog JUNTOS SOMOS FORTES

NOSSOS HEROIS -

NOSSOS HEROIS -
Amigos(as) Criei uma pagina no FACEBOOK intitulada : NOSSOS HERÓIS. Meu objetivo é resgatar a história dos mineiros (as) que lutaram contra a ditadura militar. Fui Presidente do Comitê Brasileiro Pela Anistia/MG e estou postando todas anotações que fiz durante esse periodo. São documentos históricos e inéditos. Caso tenha interesse dê uma olhadinha Abraços BETINHO DUARTE

Tuesday, May 03, 2011

José Dirceu participa de Amor e Revolução no SBT - Pragmatismo Político

José Dirceu participa de Amor e Revolução no SBT - Pragmatismo Político: "– Enviado usando a Barra de Ferramentas Google"

José Dirceu participa de Amor e Revolução no SBT - Pragmatismo Político

quarta-feira, 20 de abril de 2011

José Dirceu participa de Amor e Revolução no SBT

José Dirceu grava depoimento para novela que militares odeiam
Se os militares que eram contra a exibição da novela Amor e Revolução, no SBT, já não gostavam do enredo, passaram a gostar menos ainda agora que, nesta quarta-feira, o folhetim começa a apresentar uma longa entrevista com o ex-deputado José Dirceu, um dos principais quadros da luta contra a ditadura no país. Em seu depoimento, gravado na véspera, o ex-ministro José Dirceu relata sua prisão pelas forças do regime, em 1969, e o período em que viveu exilado em Cuba, depois clandestino no Brasil.

Além de Dirceu, gravaram seus depoimentos para a novela de Tiago Santiago nomes de heróis da resistência contra a ditadura brasileira como Criméia Almeida, ex-guerrilheira do Araguaia, e Rose Nogueira, que dividiu a cela no Dops com a presidente Dilma Rousseff.

O relato de Dirceu faz uma distinção entre a época em que foi preso, quando a tortura ainda não era corrente, e o recrudescimento posterior.

– Quando chegamos ao Dops houve uma sessão de pancadaria, de chutes – relembrou.

Ele contou que foram para o 4º Regimento de Infantaria (RI), unidade do Exército em que o capitão Lamarca esteve preso e ele foi vítima de maus tratos.

– A comida era uma lavagem, a cela era pra ter pneumonia e tuberculose. Percebemos que aquilo já era prenúncio do que estaria pra começar de tortura e da ditadura – afirma Dirceu ao SBT.

Dirceu também relatou o que houve no Congresso da União Nacional dos Estudantes (UNE), onde cerca de 800 pessoas foram presas de forma arbitrária pelo regime militar.

– Nós recebemos a informação de que o lugar estava cercado e decidimos não sair. Fomos todos presos – conta Dirceu.

O depoimento do ex-guerrilheiro José Dirceu durou uma hora e deverá ser apresentado ao longo dos próximos capítulos.

http://youtu.be/VzANIBv7fV0


http://www.youtube.com/watch?v=VzANIBv7fV0&feature=player_embedded

No comments: